29 de abril de 2017

Bom dia!


Vamos lá mexer, aproveitar bem o dia mundial da dança. No duche, na sala, na fila para ir à casa de banho, filas de espera do supermercado, em qualquer lugar o que vale é ser feliz!

28 de abril de 2017

Pesadelo na Cozinha


O Pesadelo na cozinha, digamos que é um abre olhos à população.
Nunca gostei muito de ir a locais onde o bom atendimento nunca fora uma regra, onde o tempo de espera fora absurdo e a comida uma desgraça.


Ao ver o programa recordei-me de diversas situações caricatas, desde esperar horas para ser atendida e grupos de pessoas chegarem depois de mim e serem prontamente atendidos, restos de pão passarem para outra mesa, à tarte de natas que provei em Grândola com textura de marshmallow com uma semana sem sabor algum e pior, sem estar fresca.


Fonte
O programa em si causa inquietação e indignação. Como é possível alguém que tem um estabelecimento onde serve comida que se lhe derem a comer recusa?! Como é possível que as condições de higiene sejam as que o Chef encontra?! Como é possível não mudarem a mentalidade?!

Se por um lado, a ASAE  já foi muito acusada de fechar estabelecimentos sem razão, ou de voltar sempre aos mesmos locais, por outro temos a constatação de que a autoridade só pretende fazer cumprir as regras para que a nós consumidores nos chegue produtos de qualidade, dentro da validade e da melhor forma confeccionados.  


Aquela história em que o senhor café só tem o gatinho para comer os ratos, não tem piada alguma. Pensem, que os ratos andaram pelo pão que vão comer, que roeram o queijo. É nojento não é?? Porque razão a ASAE deixaria essa brincadeira que poria a vida das pessoas em perigo, em claro?

Por que razão, as pessoas que nos servem comida confeccionada em condições nojentas e para lá do prazo esperam ser tratadas com paninhos quentes??? Não me venham com histórias de bullying, porque se formos analisar: é pior tratar com agressividade que serve comida nessas condições ou simplesmente apresentar essas "iguarias" ao público ???

Isto tudo para dizer, que primeiro há quem tenha noção da gravidade da situação e peça ajuda ao chef através do programa, mas depois consideram o chef agressivo com tudo o que ele se depara.


A minha posição, não mudou agora com o programa, sempre foi de muito cuidado e selectividade na hora de comer, e mesmo assim estou sempre atenta a algo que não esta bem passado ou a algum intruso no prato, tipo resto de esfregão da loiça.

Se todos os estabelecimentos são assim, claramente não podem ser. Mas também quem não deve não teme, logo se a ASAE lá aparecer permanecem tranquilos. É certo que muitos são encerrados até resolver os seus problemas, mas outros passam na inspecção.

Fonte


Deixem lá a vossa opinião sobre o assunto.


Bom fim-de-semana!




26 de abril de 2017

Semana dos Morangos

Olá, esta semana a rubrica chega mais tarde, mas tem sido impossível manter tudo em ordem por aqui. Por motivos de saúde, não meus mas de familiares próximos. De qualquer forma, não quis deixar passar a edição que tinha planeado, aliás tenho muita coisa programada, mas como sabem gosto de tratar de tudo com atenção, coisa que não tem sido fácil ter. Com a rotina a voltar ao normal (espero) vou publicando o que tanto tenho para partilhar.

Vamos focar na edição desta semana que será dos morangos. Pois é estamos na época deles, destacam-se de todas a frutas pela sua cor apaixonante e aroma, assim como a loucura que  se instala assim que aparecem à venda, ou nos morangueiros caseiros.

Sem mais demoras, partilho as minha oito sugestões para esta rubrica (deixo oito e não sete como forma de mimo por se manterem comigo mesmo andando ausente).


Boa Semana !!



Trifle: bolo de chocolate, cream cheese de chocolate branco e morangos


Trifle

O Pecado Mora em Casa
Tarte de queijo e framboesas

 O Prazer da Cozinha 
Gelado De Morango E Suspiros


Sobremesa refrescante 


Sufle de chocolate de morango


Salada de Beterraba e Morangos


MILLET COM MORANGOS


17 de abril de 2017

Semana da Cenoura

Olá, olá!! 

Preparados para mais uma semana??? É verdade, a Páscoa é tempo de libertar o corpo dos excessos, aproveitar este tempo maravilhoso e esbanjar alegria.

Esta semana a rubrica destaca a cenoura, para deixarmos as amêndoas e folares, entre outros exageros e reabastecer o corpo de vitaminas. 

Opções simples, saudáveis e bem deliciosas, conseguem resistir???

Desejo-vos uma excelente semana!


Creme de cenoura com torcidos de queijo e fiambre


Caril de Legumes

Pãozinho de cenoura

Panquecas de Cenoura

14 de abril de 2017

Éclair


Há algum tempo, a Telma do Cozinha pra 3 desafiou os seus seguidores a fazer éclairs. Aceitei de imediato e rapidamente pensei " Oh meus Deus.... nunca me aventurei a fazer éclairs, só os vejo todos bonitos nas pastelarias...no que é que me fui meter..."



Todos os participantes seguiram a receita dada pela Telma, e não é que até não me saí nada mal?!

Pois bem, lembrei desta receita hoje, sexta-feira santa, onde tradicionalmente não se comia carne, nem trabalhava desde do meio-dia até ao meio-dia de domingo de Páscoa. Apenas havia a aquela confusão na cozinha de fazer as iguarias para o domingo. Sou do tempo, em que a segunda-feira a seguir à Páscoa era de piquenique... para regalo das crianças, descontracção dos homens e muito cansaço das mulheres, mas  todos guardamos boas memórias desse tempo.


Desejo-vos uma boa Páscoa!



Ingredientes:


Massa

  • 75 mL de água
  • 35 g de manteiga
  • 50 g de farinha de trigo 
  • 1 ovo
Creme de pasteleiro
  • 1 ovo
  • 2 colheres de sopa de açúcar
  • 1 colher de sopa de farinha
  • 150 mL de leite
  • 1 colher de café de essência de baunilha 

Cobertura
  • 1 colher de sopa de manteiga
  • 1 colher de chá de leite
  • 1 colher de chá de cacau em pó
  • 25 g de açúcar em pó


Preparação:

  • Ligue o  forno para pré-aquecer a 180 ºC..
  •  Unte ligeiramente um tabuleiro de forno com manteiga e reserve.
  • Num tacho, juntar a água,  a manteiga e aquecer lentamente até esta derreter.
  • Deixar ferver, retirar o tacho do lume e adicionar a farinha de uma só vez, batendo bem até que  forme uma bola e se solte do tacho.
  • Deixar arrefecer um pouco e adicione o ovo e bater até obter uma mistura homogénea e brilhante.
  • Colocar a massa num saco de pasteleiro grande com bico simples.
  • Borrifar o tabuleiro com um pouco de água e com o saco de pasteleiro molde os éclairs com cerca de 10 cm de comprimento, bem afastados entre si.
  • Leve ao forno durante 30/35 minutos ou até ficarem dourados.
  • Abrir uma fenda lateral em cada éclair e deixá-los arrefecer numa rede.
  • Passemos ao creme, começamos por bater o ovo com o açúcar até ficar cremoso e  só depois se adiciona a farinha de milho.
  • Aquecer o leite, sem deixar que levante fervura e deitá-lo lentamente sobre o creme, batendo.
  •  Deitar a mistura numa tacho e deixar cozer em lume brando, mexendo sempre, até engrossar.
  •  Retirar do lume e misturar o aroma de baunilha (opcional). Deixar arrefecer.
  • Para a cobertura levar ao lume nem tacho o leite e a manteiga.
  • Depois da manteiga derreter, retirar do leme e juntar  o açúcar em pó e o cacau, misturando muito bem.
  • Processo de montagem: cortar os éclairs ao meio no sentido longitudinal, rechear com o creme de pasteleiro e cobrir com a cobertura de chocolate.


13 de abril de 2017

iHeartRadio Music Awards


No passado dia cinco de março, as estrelas concentraram-se no iHeartRadio Music Awards, onde se destacaram nomes como Justin Timberlake (música do ano)Adele e Justin Bieber (artistas do ano).  Lista dos vencedores completa, aqui.



A passadeira vermelha não passou despercebida. Neste evento, aguarda-se sempre irreverência, mas surpreendentemente a irreverência (em alguns casos) resultou muito bem.
Entre as minhas favoritas estão a Katy Perry , Kelsea Ballerini  e  Janel Parrish, mas não posso deixar de destaca Heidi Klum que se mantém magnífica, e que tanto sabe escolher adequadamente os seus look's, como nos deixa de queixo caído, desta vez estava espantosa. Não nos podemos esquecer que esta passadeira vermelha é mais descontraída, dando opções mais joviais. 



KATY PERRY / KELSEA BALLERINI / JANEL PARRISH

FIFTH HARMONY

DEMI LOVATOSTASSI SCHROEDERKRISTEN DOUTE

JOJO FLETCHERSABRINA CARPENTERCHRISTINA MILIAN

LAURA MARANORYDEL LYNCHNOAH CYRUS

NIA SIOUX / OLIVIA HOLTSOFIA REYES

MADDIE ZIEGLERCHLOE LUKASIAK /ASIA MONET RAY

ALLI SIMPSONHEIDI KLUMGIANNA MARTELLO

SCHEANA MARIE/ KARRUECHE TRANKATIE MALONEY

BEA MILLERBECCA TILLEYHALSEY



Fontes









11 de abril de 2017

No Alentejo....


Aí há umas semanas, estava eu descansa na fila de um super-mercado, quando devido à demora alguém se sai com " isto no Alentejo é tudo lento".. (algo deste género que já nem me recordo bem, mas que não me caiu bem).

Fonte



Bem em câmara lenta viro a cabeça para trás e apenas disse " nem todos somos iguais...." e o senhor continuou a dizer coisas com ironia, já estava na minha vida novamente...quando decidi dar-lhe conversa. Enquanto a funcionária se debatia com a pressão da fila a crescer, do cliente que queria factura, do que queria fazer troca, do que se tinha enganado no código de multibanco, lá lhe expliquei que nem tudo no Alentejo é lento, até como já explicou o Manuel Luís Goucha, temos essa fama mas eram os Alentejanos que trabalhavam de sol a sol debaixo de elevadas temperaturas...o senhor que de certo pensa ter muita lábia, apresentou a sua tese. Ora para ele, os Alentejanos trabalham devagar, porque os patrões não lhe pagavam, ou pagavam pouco (aqui fiquei um pouco indecisa se a sua ironia se estava a direccionar para o passado ou presente) na minha pachorrice de Alentejana decidi apenas responder "vai na volta, é isso mesmo". Passados mais cinco minutos, a contorcer-me para não continuar a responder.... a fila dá uns três a quatro passos e o senhor decide ultrapassar a fila e pedir para que a funcionária lhe destrancasse a porta da casa-de-banho....

Sou Alentejana, mas foi ele que ficou dez minutos à espera, sem nada para pagar, para que lhe abrissem a porta da casa-de-banho. Irónico.



Vamos lá a ver uma coisa, qual é a mania de que no Alentejo o tempo pára?? Que não trabalhamos duro, enquanto muitos estão numa sala com ar condicionado??? 

Há muitas piadas, muita delas sem graça, mas o facto vir cá de passagem ainda se armar em "carapau de corrida", não lhe deixa nada uma boa imagem. 

Deixem-se de coisas, com mais ou menos estudos, independentemente da zona onde habituamos, somos todos iguais... vivam a vida e respeitem-se!





Viver em sociedade é respeitar...
Fonte